Home > Análise do Comportamento, Ciência, Diarices > sou fã – parte i: ciência

sou fã – parte i: ciência

Este post é para eu mesmo me lembrar das coisas boas da vida. Vou listar aqui pessoas, livros, filmes, músicas, dos quais sou fã. Vou começar com ciência.

Leonardo da Vinci

da-vinci.jpg

Esse mano foi o cara. Ele era anatomista, pintor, arquiteto, engenheiro, músico, escultor, anatomista e queridinho da mamãe. A existência de uma pessoa como da Vinci faz a gente pensar na potencialidade humana. Quanta coisa uma pessoa pode fazer! É incrível.

Viveu de 1452 a 1519. Filho ilegítimo, mãe camponesa ou escrava, Leonardo nem mesmo tinha um sobrenome. O da Vinci veio da região onde nasceu. Ele assinava os quadros como Leonardo.

Há quem estime que esse Renascentista foi o maior gênio da humanidade. Eu voto nele.

A pintura ao lado foi obra dele. Clique aqui pra saber mais.

.

Charles Darwin

darwinjpg.gifO criador da Teoria da Evolução matou Deus. Claro, você pode não concordar e, de um jeito ou de outro, ser um Criacionista, ainda que não radical. Mas a verdade é que a Teoria da Evolução modificou a história da humanidade.

Colocaram o jovem Darwin em um navio, o Beagle, e o garoto saiu pelo mundo construindo a teoria mais assustadora que os homens já viram. Temendo a repreensão da comunidade altamente religiosa, Darwin segurou o livro “A Origem das Espécies” por muitos anos.

A quebra de paradigma causada pela obra de Darwin o coloca, sem dúvida, na cúpula de ouro da ciência. Bendito seja o assassino da ilusão. Aqui você clica e sabe mais.

.

B. F. Skinner

skinneraudience.jpg Burrhus Frederic Skinner tem burro só no nome. Uma injustiça em língua portuguesa a um nome incomum também em língua inglesa.

Skinner iniciou a vida estudando Letras. De repente, quando se ouviu falar dele, ele estava revolucionando a Psicologia com a análise do comportamento e a filosofia Behaviorismo Radical.

Se Darwin matou Deus, Skinner utilizou princípios da teoria da evolução para matar a mente. Sem Deus e sem mente, o que sobrou para os homens? A possibilidade de organizar uma comunidade racional e prazerosa.

Skinner ainda não teve o tempo necessário para se tornar o mito que são outros cientistas. Mas os anos hão de fazer juz à sua genialidade. Para saber mais sobre análise do comportamento, basta procurar neste blog. E sobre Skinner, bem aqui.

.

Não é meu objetivo descrever em detalhe as contribuições desses cientistas; apenas apontá-los. Eu sei que 3 não são muitos, mas isso não me interessa. São os que mais me impressionam. Um dia, se for possível, vou abrir uma universidade e dar a ela o nome de um desses figurões. Não digo qual.

Em seguida, filmes.

  1. Marcela Ortolan
    July 11, 2007 at 11:26 pm

    Adorei!!!! Adorei o post!!!

    Sempre bom homenagear quem a gente admira. Ainda mais quando são tão importantes. Em ciência a gente louva as teorias e não os homens, mas é inevitável reconhecer a genialidade, coragem etc, etc, desses homens!

    Além disso, eles nem sempre são bem tratados… Em especial aqueles que assassinaram conceitos tão caros a nossa cultura.

    Beijos!!

    ps.: espero que a série tenha continuidade😉

    Resposta:
    Terá, pode ter certeza.
    Amanhã falarei de música.
    Beijo.

  2. Bró
    July 13, 2007 at 4:09 pm

    Bacana o post Robinho, sou fã desses caras…menos do Skinner, pq não conheço..!
    Ah, e sou tua fã tbém!
    Bjos.

    Resposta:
    Quando você quiser, eu te conto o que o Skinner fez.
    Adoro quando você comenta.
    Beijos!

  1. No trackbacks yet.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: