Home > Cinema, Crítica > babel e pequena miss sunshine

babel e pequena miss sunshine

Babel

babel-poster01.jpg

O filme “Babel” faz parte de uma trilogia que inclui “Amores Brutos” e “21 Gramas”. Todos do diretor Alejandro González Iñárritu. Segundo o diretor, todos os filmes focam a família. “Amores Brutos” de uma perspectiva local (o país de Iñárritu: México), “21 Gramas” de uma perspectiva estrangeira (Estados Unidos) e “Babel” de uma perspectiva global. Afirma ainda que o tema principal de “Amores Brutos” é a paixão desmedida; em “21 Gramas” é a perda e em “Babel”, a compaixão.

Eu vi os três filmes em períodos diferentes da minha formação como pessoa. E depois os revi novamente. Fica difícil falar se o melhor é “Amores Brutos” ou “21 Gramas”. A certeza é que “Babel” é o pior deles. Não prende a atenção, é longo demais, os personagens são mostrados superficialmente e 95% deles são idiotas. No entanto, o filme alcançou um objetivo em mim: aumentou minha percepção da humanidade como um bando de macacos que se tornaram pouca coisa diferentes entre si. Família é família, moleque é moleque, pessoas estúpidas, bondosas, horrorosas, existem em todos os lugares. É um filme para denunciar pré-conceitos, como “Crash”, mas não tão bom quanto este.

Bom, eu recomendo, vá… Veja. Mas se quiser curtir mesmo Iñárritu, fique com “Amores Brutos” e “21 Gramas”. Nota 6 pro Babel.

Pequena Miss Sunshine

pequena-miss-sunshine-poster05.jpg

Este filme é muito bom. Dou a ele nota 8,5. Os personagens são os losers mais esquisitos que um filme bonitinho já viu. E são todos muito simpáticos. O pai é um loser que escreve sobre vencedores. A mãe não tem sal, nem açúcar. O avô é um tarado expulso do asilo. O tio é um suicida invejoso. O irmão mais velho fez voto de silêncio até cumprir seu objetivo. A garotinha é um doce. Não tem como não gostar da família loser na perua loser levando a garotinha para um concurso de “beleza”. Ninguém da família se dá muito bem consigo, com o mundo e com os outros familiares. E aí a kombi quebra… Digo com conhecimento de causa: nada une as pessoas com mais firmeza do que empurrar um carro em conjunto.

Veja este filme. Agora!

O que Babel e Pequena Miss Sunshine têm em comum
O que “Pequena Miss Sunshine” e “Babel” têm em comum é o fato de ambos terem sido vistos por mim no último fim de semana (30jun e 01jul). Esta característica faz deles filme únicos.

Categories: Cinema, Crítica
  1. Marcela Ortolan
    July 3, 2007 at 12:47 pm

    hehehehehehe… Só você mesmo, Robson! hahahahahaha
    O pequena miss, eu não vi. Dos filmes citados só vi Babel… ou seja… tsc, tsc.
    Bom saber que o diretor tem filmes melhores🙂
    Bom saber também que Pequena Miss Sunshine, é um bom filme🙂
    beijos

    Resposta:
    Eu sempre tento mostrar o que os filmes têm em comum.
    Espero ter conseguido😉
    Beijo.

  1. No trackbacks yet.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: