Home > Coisologia, Crítica, Diarices > Adeus a um amigo, e uma Sociedade

Adeus a um amigo, e uma Sociedade

Ontem dissemos adeus a um amigo, que voará de sampa rumo a terras mais ensolaradas. Ele e a namorada são desses amigos que conhecemos há mais de 10 anos, que cresceram conosco, que cometeram conosco nossos primeiros erros e participaram dos primeiros aprendizados. Bom, foi… Amizade eu sei que não acaba, mas o convívio fará falta, com certeza! Boa sorte, Colino e Renata!

Durante a cervejada de despedida, conversamos todos sobre vários assuntos, utilizando de todo o nosso repertório para pensar em soluções para o mundo. Isso é uma coisa muito comum em mesas de bar. E é muito gostoso. A mesa se dividia entre os pessismistas (ou realistas?) e os otimistas.

Depois de muita conversa, um de nós, o Holz, concluiu que uma sociedade mais justa seria um capitalismo melhorado. Nesse capitalismo melhorado, todas as pessoas realmente teriam as mesmas chances de prosperar. Sim, exatamente a mesma chance. Mesmo o mais preguiçoso poderia viver bem, mas o trabalhador de verdade viveria com mais luxos.

A idéia, é claro, é boa e impossível. Mesmo assim, eu pensei que mesmo uma sociedade dessas não seria tão igualitária assim. As pessoas são constituídas de formas diferentes; algumas têm cabelos escuros, outras são altas, e assim por diante. Essas características podem influenciar o grau de comprometimento com o trabalho. Não seria justo que um tigre e uma formiga apostassem corrida, por exemplo. Então, ou cria-se um horrendo mundo de clones, ou esqueça-se a igualdade absoluta.

E assim é. As pessoas são diferentes e ponto final. O mundo é como é: os humanos dominam outros, e todos vão se matar de fome, ou com bombas. Sad, but true.

Fica registrado aqui que combinamos de ler o livro “Walden 2”, depois de todos terminarem de ler “A Ilha”.

Categories: Coisologia, Crítica, Diarices
  1. Tsu
    October 31, 2006 at 12:20 pm

    é isso aí, sad but true…
    vou ler esses livros q vc recomendou…aliás…vc os têm para emprestar? rsrsrs

  2. October 31, 2006 at 3:24 pm

    Estou de viagem mas no fim do ano acho q nos vemos!

  3. October 31, 2006 at 3:50 pm

    don´t worry, beibe. Tudo mudará qdo eu dominar o mundo…

  4. October 31, 2006 at 10:57 pm

    Bah… dizia Vinicius “Amigo: um ser que a vida não explica/ que só se vai ao ver outro nascer/ e o espelho de minha alma multiplica”.

    Espero que muitos outros tenham nascido para que este tenha ido embora…

    Walden II é tudo de bom… li em dois dias, simplesmente devorei o mundo e ao fecha-lo a primeira coisa que pensei/falei foi: não precisava ser assim! (sobre o mundo absurdamente punitivo em q vivemos…)

    Amanhã vou a biblioteca e espero voltar com A Ilha embaixo do braço😉

    Ah, adoro essas conversas sobre como mudar o mundo na mesa do mar… a gente sempre aprende muito… (e ensina um pouquito tb… ;))

    beijokas pra ti querido

  1. No trackbacks yet.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: