Home > Brasil, São Paulo > PCC: Guerra Civil em São Paulo, ou ainda não?

PCC: Guerra Civil em São Paulo, ou ainda não?

Está ocorrendo uma Guerra Civil em São Paulo? O que você acha?

Pela definição, é uma guerra em que partes componentes de uma mesma cultura, sociedade ou nacionalidade, lutam por poder político ou controle de uma área, o que está acontecendo pode ser chamado de Guerra Civil (pelo menos embrionária). Ainda morna, é verdade, perto das guerras civis que lemos nos livros de história. Por enquanto, e em teoria, os conflitos não se espalharam para os participantes passivos da guerra: os cidadãos comuns que estão, de certa forma, do lado do governo oficial.

Seja lá como se caracterize o que está havendo, a sensação de insegurança gerada é certa. Há concordância de que o governo não está sendo eficaz. O PCC vem exibindo força e inteligência, e exigindo mudanças na legislação, no que diz respeito aos direitos dos prisioneiros. Não deixa de ser um tipo de manifestação pró-mudanças, do tipo não pacíficas.

Mas, afinal, o que é o PCC?

Em 19 de fevereiro de 2001, o seguinte documento foi publicado. Aqui, mais um artigo, desta vez da Wikipedia, com algumas afirmações (este artigo da Wikipedia é o mais completo que vi até agora, vale a pena clicar) Infelizmente, temos que nos basear em artigos Wiki e algumas reportagens…

busqueimado.jpgpcc.jpg
Um ônibus queimado pelo PCC, que pede paz e o fim da opressão.

Se os textos acima tiverem fundamento, é possível vislumbrar a amplitude do PCC. Não é apenas um conjunto de criminosos, mas um grupo ideológico, que tem até uma rádio e músicas próprias. O próprio termo “criminosos” estaria sendo utilizado, de forma simplória, pelas pessoas que decidiram de que lado do conflito estão. Um grupo desse tipo é mais complexo do que se pode imaginar; pode ser comparado com um tipo de empresa, de religião, de clube secreto, e por aí afora, até onde a imaginação permitir. Aparentemente, os participantes do PCC chaman o grupo de Partido. Há algumas pessoas a favor do terrível e distorcido MST; existe a assustadora possibilidade de pessoas a favor do PCC.

(No link em que vou passar agora, a pesquisa “pcc”, na Folha on-line: basta clicar. E o mesmo no Estado: clique e veja. São muitas matérias. Quando pesquisei “guerra civil” nesses dois jornais, consegui apenas isto, o que me leva a crer que os jornalistas responderiam “não” à questão do início do texto.)

O que vale a pena perguntar é o que permitiu a criação de um grupo com essas características. Como se pode ler nos artigos disponibilizados, o PCC surgiu em presídios e é de dentro deles que exerce controle e é dentro deles que atua mais firmemente (até onde se sabe…). Um grupo ideológico com tal poder, criado dentro de casas de segurança, é um atestado de incompetência do governo paulistano. Não apenas do atual, pois o problema vem de tempos atrás.

lembo.jpgmarcola.jpg
Lembo vs Marcola (suposto líder do PCC)…
Lembo sairá, Marcola continuará

Aparentemente, os ataques diminuíram mais uma vez. É curioso. Faz pensar que o governo cedeu alguma coisa, como as televisões que pôs nos presídios para a turma do Marcola ver a copa. O PCC não acabou, continua aí. A guerra do outro lado do mundo foi o assunto perfeito para nos distrair do que acontece no quintal. Não que a guerra de lá não seja assunto importante, mas a guerra daqui é mais relevante.

Categories: Brasil, São Paulo
  1. July 27, 2006 at 10:51 am

    A minha resposta para essa questão é sim, isso é uma Guerra Civil… E não deixa nada a desejar para as guerras civis mencionadas nos livros de história. Normalmente as pessoas nomeiam o que está acontecendo depois do ocorrido. Talvez daqui a uns 3 anos, historiadores e jornalistas escreverão sobre esse fato como Guerra civil. De qualquer forma, a mídia tem um papel importante e que quase sempre é distorcido… de focar as notícias que mais interessam ao povo. É um papel político também, mas que não parece comprometido com a o país. Talvez o compromisso com as eleições, de desviar a atenção do povo ao que de fato interessa…
    sei lá.
    Beijo pra vc Rob!
    Bom dia!

  2. July 28, 2006 at 1:21 am

    Olá Robson… triste isso… muito triste…

    Hoje eu não tenho muito o que dizer… mas deixou uma música da qual sempre lembro quando essas coisas acontecem…

    beijos pra ti

    Paralamas do Sucesso – O Calibre
    by Herbert Vianna

    Eu vivo sem saber até quando ainda estou vivo
    Sem saber o calibre do perigo
    Eu não sei, daonde vem o tiro (2x)

    Por que caminhos você vai e volta?
    aonde você nunca vai
    e que esquinas você nunca para?
    à que horas você nunca sai?
    Há quanto tempo você sente medo?
    Quantos amigos você ja perdeu?
    Enfrigerado vivendo em segredo
    e ainda diz que não é problema seu

    E a vida já não é mais vida
    no caos ninguém é cidadão
    as promessas foram esquecidas
    Não há estado, não há mais nação
    perdido em números de guerra
    rezando por dias de paz
    não ve que a sua vida aqui se encerra
    com uma nota curta nos jornais

    Eu vivo sem saber até quando ainda estou vivo
    Sem saber o calibre do perigo
    Eu não sei, daonde vem o tiro

    eu vivo sem saber…
    até quando ainda estou vivo

  3. July 29, 2006 at 1:51 am

    É uma simples questão de conceito… Até eu sair de férias, ou seja, dia 26, 15 dias de briga lá no Oriente Médio, o negócio ainda não havia sido declarado como guerra. Tanto que a orientação no trabalho era dizer conflito, confronto, combates, mas não guerra. Para isso ser oficial, Israel deveria fazer uma “declaração de guerra”…
    Como diria uma cliente minha de qdo eu trabalhava no shoppping: “Quanta democracia, meu deus”
    heheh
    beijos

  1. No trackbacks yet.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: