Home > Coisologia, Diarices > Diversificando o sotaque

Diversificando o sotaque

Bom, eu já morei em Santa Catarina, e de lá veio comigo de brinde o “massa”, o “palha”, o “guria” e o “tu” (sem conjugação do verbo). Devido aos meus amigos gaúchos, o “bah” também faz parte do meu vocabulário. Mas eu gosto de sotaques, e me sinto defasado.

Eu gosto tanto de sotaques, que gosto até do sotaque carioca, sendo paulista! Creeedo!

Na expectativa de criar uma maneira de falar mais afim com todas as populações brasileiras, e também com o intuito de confundir as pessoas para que elas não saibam de onde eu vim, vou diversificar meu sotaque.

A partir de agora vou usar o “trem” e o “uai”, da época em que morei em Belo Horizonte. Ah, você não sabia que eu tinha morado lá? Mas morei! Uia! Já morei em três estados… Que chique, né?

Depois não sei. O mundo é grande. Sotaques rules!

PS: até sei que para falar de sotaques não adianta umas palavrinhas. Mas vocês já ouviram minha pronúncia fidedigna?

Bah, que texto palha. Eu devia apagar esse trem. Sacou como vai ser, mano?

Categories: Coisologia, Diarices
  1. May 11, 2006 at 9:52 am

    essa é uma paixão que dividimos. Mas não consigo ter tanto amor a ponto de querer falar o bah dos gaúchos, sendo catarina (embora eu sempre tenha falado bah, mas é um contexto totalmente diferente, entonação diferente, enfim). Ej á disse que o dia em que Luther King sonhar em perder o sotaque, é divórcio na certa!

  1. No trackbacks yet.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: