Home > Coisologia, Diarices > Em busca do tempo perdido

Em busca do tempo perdido

Eu me dei ao trabalho de republicar alguns textos antigos. As pessoas atentas devem ter reparado que a seção do blog onde há links para arquivos aumentou. Antes deste blog, houve o “Rei de Um”, e antes do “Rei de Um” houve o “Dukkha”. O que eu fiz foi repostar os textos mais legais do “Dukkha”. Vou apontar alguns textos clássicos que vocês deveriam visitar (eles não abrem em outra janela, então clique com o botão direito e selecione esta opção se quiser manter esta janela aberta).

Neste texto mostro meu escrito número 1. Tipo a moedinha do Patinhas.

Se existe algo especial neste mundo é a história que eu e o Mestre Lino inventamos em Sabino. Algo tão especial, que só eu e ele conseguimos entender.

Este e este texto falam da curitibana bacana que bagunça meu coração.

Dois textos clássicos sobre o bom e velho Santana Azul, o Sanzul. Aqui e aqui.

Um texto que até hoje eu não entendo. Uma budistologia interessante, mas provavelmente picareta.

Pessoalmente, gosto bastante do “Ascensão da Decadência“. E digo o mesmo do “Crepúsculo e Descendência”.

Um texto sobre meu nascimento.

Os textos acima são os mais clássicos. Mas não se deixem enganar. Tudo que está abaixo de Janeiro de 2005 é o fino da bossa do meu passado. Vou ficar alguns dias sem publicar algo novo, para que vocês se deliciem com esses textos. Fiquem à vontade para comentar.

Categories: Coisologia, Diarices
  1. April 26, 2006 at 11:55 pm

    Boa idéia, vou republicar também🙂

  1. No trackbacks yet.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: