Home > Buso produções, Coisologia, Crônica > Buso produções – 2

Buso produções – 2

UM AMASSO BÁSICO

Hoje no busão eu comecei a pensar no amasso básico que rola no busão. As pessoas acabam se tocando bastante, muitas vezes contra a vontade e em pessoas nada desejáveis. Em situações como essa o melhor a fazer é fingir que está se encostando em um pedaço de madeira. Qualquer movimento mais estranho ou risadinha de lado pode provocar muita confusão.

Eu vou falar das minhas experiências com amassos no busão. Vou fazer isso me considerando uma pessoa comum, que deve representar outras pessoas comuns. Ignorem o fato de que talvez eu não seja comum. Hoje estou com vontade de repetir algumas vezes a última palavra da frase. E isso termina mais uma frase.

Procuro sempre não tocar as pessoas. Não porque tenho medo de toques. Gosto bastante de tocar as pessoas que conheço. Tocar é uma coisa legal e bastante prazerosa. Eu recomendo. Mas no busão você não é exatamente tocado, a palavra certa é amassado, entre uma pessoa e outra, entre uma pessoa e um banco, entre uma pessoa e o teto, sei lá.

Não tem jeito, quando você é amassado está tocando e existem algumas regras de conduta para casos como esses. Em primeiro lugar, tente encostar apenas a região da cintura para cima nas outras pessoas. Braços e ombros são os mais indicados e os que causam menos embaraço. Costas é permitido. Se você tocar as pessoas com suas pernas, bunda ou o púbis, você estará sendo mal educado, vão pensar que você tem intenções sexuais. Bom, talvez você tenha, mas tome cuidado.

Alguns cuidados podem ser tomados para evitar toques se você não os quer. Primeiro, vá para o fundo do ônibus, lá costuma ficar mais vazio (na maioria das vezes). Espalhe-se bastante no seu lugar, de forma que as pessoas tenham que se adaptar ao seu espaço. Depois que todos estiverem domados, encolha-se um pouco e aproveite a sua mansão. Sente-se na janela, pois quem senta no corredor é inevitavelmente amassado. Compre um carro, enfim.

É preciso pensar agora em situações em que é impossível não ser tocado. Neste caso é necessário desenvolver preferências.

No meu caso, prefiro ser tocado por um conjunto de universitárias lindas dando risadinhas e olhando sedutoramente nos meus olhos. Mulheres feias são preferíveis a qualquer tipo de homens. Se você entrar em um ônibus e notar que não há maneira nenhuma de não ser amassado, dirija-se a um espaço onde seu público de preferência esteja localizado. Não se trata de safadeza, mas de redução de danos.

Você tem o direito reconhecido pela constituição das pessoas comuns em ônibus a tomar medidas não muito educadas caso se sinta ofendido. Assim, se Pedrão estiver encostando a bunda dele na sua bunda, ou coisa pior, você tem direito a dar uma leve cotovelada localizada na boca do estômago da criatura. Após isso, peça desculpas, alegando que foi o balanço do busão. Se Pedrão acreditar que foi o balanço, aplique uma cotovelada mais forte, e assim por diante, até Pedrão se dar conta de que ficar ali é potencialmente perigoso para a saúde. Esta estratégia chama-se “zona do cotovelo” e é muito eficaz.

Ela também serve para quando você estiver sentado e Pedrão ficar encostando o púbis no seu ombro. É uma situação bastante incômoda, e pede a solução do cotovelo. Neste caso, além de dar uma cotovelada em algum nervo da perna de Pedrão, monte uma barreira com seu cotovelo, de modo que mesmo com o verdadeiro balanço do busão, a perna de Pedrão acerte o nervinho no osso do seu cotovelo. Esta estratégia é realmente recomendada. Outra possibilidade é olhar com cara feia, e logo depois aplicar a cotovelada. Os resultados são imediatos.

Você precisa tomar cuidado com as Doras. As Doras representam uma porcentagem considerável de mulheres. Elas têm instintos sexuais semelhantes aos do Pedrão e podem colocar você em situações delicadas. Normalmente, as Doras tentam disfarçar a libido, mas inconscientemente se entregam.

Elas costumam encostar a região pubiana no ombro de quem está sentado, e por vezes acomodam-se de maneira a encostar toda a perna na extensão do braço de quem repousa no banco. Uma situação como essa requer que você tente afastar a Dora. Mas a Dora pode insistir em ficar toda encostadinha em você. Neste caso, você é inocentado e está, de certa forma, indefeso. As Doras costumam lançar olhares maliciosos, mas você deve ignorá-los, pois elas são o paradoxo encarnado. Se você fizer qualquer menção de que está gostando, ou convidá-la para sentar no seu colo, ela tratará você como o pior homem do mundo, ficará ofendida por você pensar que ela é uma prostituta, e assim por diante.

O que você deve entender é que tanto o Pedrão como a Dora estão agindo sob influências biológicas poderosas e podem nem estar conscientes do que estão fazendo. O toque é poderoso, por isso você deve tomar cuidado. Antes de xingar um Pedrão ou convidar uma Dora para sair, lembre-se de que eles são de certa forma inocentes.

De resto, aproveite o passeio, e reze pelo conjunto de universitárias lindas, maliciosas e conscientes da malícia. É como ganhar na mega-sena, mas tem gente que ganha, né?

  1. April 6, 2006 at 8:21 pm

    Recomendo comprar um carro com ar condicionado e ter grana para rodar com os vidros fechados o tempo todo, com um sistema de som bacaninha, só no relax. Ônibus serve para fazer as pessoas se sentirem mal.

  2. April 6, 2006 at 8:22 pm

    Ah, o outro template era mais legal…

  3. Tsu
    April 8, 2006 at 12:36 am

    Buso produções é o melhor…
    agora escreva sobre regras de conduta no metrô…como sobreviver na zona leste: Atravessando a estação Brás!
    E com o pedrão não tenha dó…se ele tiver roçando…olhe pra ele com sanguinoszóio e aí coloque sua mala no seu colo, de preferência a parte pontuda, sabe o canto do caderno q fica pra fora?…e aproveite o balanço do ônibus para fazer omelete!

  4. April 8, 2006 at 11:12 am

    hahahahahaha
    é por essas que eu enriqueço os cartelistas dos postos de gasolina. Viajo menos, tenho menos dinheiro no fim do mês. Mas não largo meu carro de jeito maneira! :)beijo

  1. April 12, 2006 at 4:38 pm

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: