Home > Uncategorized > Saudade

Saudade

Saudade de tanta coisa. De uma mais que todas.

Antes eram poucos os que moravam longe. Agora é a maioria. A grande maioria está extremamente longe. Acenam por meio de palavras em máquinas de se comunicar. Sem abraços, sem beijos, sem sinceros apertos de mão.

Não é saudade apenas das pessoas. É de andar ao lado do mar. De sentar para tomar um vinho, pertinho, pertinho. Dá saudade de ter saudade em mesas de bar que lembram um passado ainda mais distante.

Desejar e não poder tocar. Isto é saudade, seja a centímetros ou quilômetros.

Saudade de tanta coisa. De uma mais que todas.

Categories: Uncategorized
  1. No comments yet.
  1. No trackbacks yet.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: