Home > Crônica, Diarices, Florianópolis > Manhã de sol

Manhã de sol

Cheguei em Floripa recepcionado pelo sol. Coisa boa.

Estou cansado. Pegamos um trânsito hediondo ainda em sampa. Perdemos pelo menos umas duas horas.

O melhor da viagem foi a tentativa do co-motorista de colocar o filme “Matrix – Revolutions”. Ora ficava som baixo, ora alto. A tela estava mal configurada, e só dava para ver metade dos personagens. Um wide screen sem wide screen… Não demorou para que alguns passageiros lhe dessem o singelo apelido de “corninho”.

Arruma isso logo, corninho. Vamos, corninho, a gente quer ver o filme. hahahaha. Que foda! Pior que era o ônibus inteiro chamando o cara de corninho, não tinha o que fazer. Dali a pouco um passageiro mané grita:

— Esclarece o filme aí, tá muito escurto. Esclarece aí.
— É clareia, seu retardado.

Mais risadas. O corninho desistiu e ficamos sem filme.

  1. No comments yet.
  1. No trackbacks yet.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: