Home > Poesia > Teia remota

Teia remota

Na teia remota
Minha voz é palavras planas
Tentando fazer olhos ouvirem;
Sou uma foto sorridente
Olhando para o passado.

Deite-se no meu peito, garota,
Para que eu lhe conte histórias.
Olhe nos meus olhos dormentes,
Eu vim de corpo para lhe dar um beijo.
Não posso da teia remota…

Categories: Poesia
  1. No comments yet.
  1. No trackbacks yet.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: