Home > Geral > A arte de escrever sobre nada

A arte de escrever sobre nada

Muitas pessoas são mentirosas. Afirmam garbosamente que estão escrevendo textos maravilhosos, capazes de mudar a mentalidade de nações. Aham. Outras são menos mentirosas e dizem que seus textos podem, ao menos, mudar a mentalidade da Rua de baixo. Aham. Poucos são os sinceros, ou conscientes, que confessam que seus textos são apenas banalidades, folhas superficiais e cheias de clichês. Eu confesso porque sou consciente. Minha arte (arte?) é escrever sobre nada. Por enquanto…

Entra uma questão. Escrevo sobre “nada” talvez para vocês e para qualquer pessoa que reconhece padrões de escrita. Para mim, não me importo se o que escrevo é clichê, é batido ou o quê. São textos que falam o que quero falar. Apesar de reconhecê-los ainda como não profissionais e não significativos do ponto de vista estético, considero-os como o começo para a maturidade literária. Se tudo der certo, eu atingirei essa maturidade e meus textos serão um dia livro.

Este texto, por exemplo, é ou não é sobre nada? Nem eu sei.

Agora que fiz propaganda do blog no flog, preciso voltar a escrever com mais freqüência. Acho que está mesmo na hora de parar de pensar tanto e deixar as palavras fazerem o serviço. Neurônio e Mundo, um blog da arte de escrever sobre nada. Por enquanto…

Aos possíveis novos visitadores, um grande abraço. Sejam bem vindos e voltem sempre.

Categories: Geral
  1. No comments yet.
  1. No trackbacks yet.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: