Home > Coisologia, Florianópolis, São Paulo > Amores gigantes

Amores gigantes

São Paulo
Minha relação com São Paulo é estranha, cheia de altos e baixos. São Paulo é minha mãe e meu desejo por ela é tipicamente edípico. Suas ruas e luzes me hipnotizam, sua fumaça e cinza me desesperam. Sempre volto a ela, sempre minha referência, meu ponto de partida e apoio. Preciso dela. Preciso saber que posso ir até ela sempre que precisar.

Florianópolis
Florianópolis vai morar para sempre em mim. Se Sampa foi minha mãe, Floripa é meu primeiro amor. Descobri o mundo inteiro de dentro da ilha. Tornei-me o que eu queria ser, exatamente o que eu queria ser, sendo conduzido pelos desígnios e maravilhas de Floripa. Foi com a ilha que cresci. Foi a ilha, tudo, tudo, foi a ilha…

Porto Alegre
Paixão platônica. Eu quero e desejo, mas minha vida lá ainda está distante. Porto Alegre só me mostrou sorrisos, ao contrário de Floripa e Sampa, que se mostraram inteiras. POA é uma grande promessa, um lugar encantado, um vale a ser descoberto. Preciso vivê-la para conhecer suas verdades.

Curitiba
Minha passagem por Curitiba foi veloz e intensa, marcada por maravilhosas companhias. A cidade foi o palco perfeito para uma história inesquecível. Ainda há muito de Curitiba que preciso ver, muito para saber desse lugar que sempre vai estar associado ao prazer e a pessoas especiais.

Guarulhos
Má! Guarulhos é má! Vivi com ela muitos anos e ela nada me deu em troca. É como se eu fosse morar com uma mulher por simples comodismo. Quase todos os dias eu ia visitar sampa. Ainda vou bastante à cama de Guarulhos, mas me sinto um prostituto.

Guarujá
Um amor de verão, vivido com grande prazer, mas que um dia cansou… Continuo indo visitá-la de tempos em tempos, mentindo a mim mesmo e a ela, fingindo um romance há muito extinto. A cidade marcou a minha vida, porém, e o que vivi e aprendi em seus braços jamais será esquecido.

Belo Horizonte
Uma passagem de alguns meses. Eu ainda era criança, não sabia o prazer que cidades podem proporcionar. Lembro-me com carinho de Belô e gostaria de curti-la agora que estou crescido. O fato mais marcante de Belô era o futebol grátis na quadra de taco, pois conhecíamos o filho do dono.

Rio de Janeiro
Sabe aquela mulher de revista, com um belo corpo invejado e pela qual todos são apaixonados? Bom, eu não sou apaixonado. Rio de Janeiro para mim é obra de programas de edição de imagem. Confesso que tenho curiosidade de conhecê-la, mas conhecerei desconfiado.

De resto… Ainda há muitas cidades a conhecer.

  1. No comments yet.
  1. No trackbacks yet.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: